Portal do Governo Brasileiro
X

O DESENVOLVIMENTO DE VALORES MORAIS NA SOCIALIZAÇÃO MILITAR, por Daniela Wortmeyer

Acervo digital » Outras

Postado por em 19/07/2017 17:12

 

WORTMEYER, Daniela Schmitz. O DESENVOLVIMENTO DE VALORES MORAIS NA SOCIALIZAÇÃO MILITAR: ENTRE A LIBERDADE SUBJETIVA E O CONTROLE INSTITUCIONAL. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde. Universidade de Brasília. Brasília, DF, 2017.

 


 

 

A presente tese objetiva investigar o desenvolvimento de jovens ingressos em um curso de formação militar, identificando a emergência, continuidade, amplificação e transformação de campos afetivo-semióticos relacionados a valores morais em suas trajetórias de vida, com ênfase nos impactos dos processos de socialização militar sobre esse desenvolvimento. Adotamos a perspectiva da psicologia cultural semiótico-construtivista, enfocando os valores como campos de significação hipergeneralizados, que constituem disposições motivacionais enraizadas nos domínios afetivos dos indivíduos, orientando suas interpretações sobre o mundo e constituindo seus horizontes morais. Foi realizado um estudo longitudinal envolvendo o acompanhamento de oito cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras, responsável pela formação dos oficiais combatentes de carreira do Exército Brasileiro, com a realização de entrevistas em profundidade ao longo de três anos. As informações de pesquisa foram complementadas pela realização de entrevistas com oficiais, observações participantes de atividades educacionais e consulta a documentos institucionais. A análise qualitativa de três trajetórias específicas permitiu identificar processos de desenvolvimento de campos afetivo-semióticos relacionados a valores morais, ao lado da constituição de posicionamentos semióticos e modos específicos de vinculação à instituição militar. Além disso, analisamos as práticas de canalização cultural adotadas na socialização militar visando promover a internalização de determinados valores, as quais atuam em diferentes níveis de regulação afetivo-semiótica dos sujeitos. Por fim, procuramos contribuir para a formulação de um modelo para o estudo da ontogênese de valores morais, considerando a progressiva generalização afetivo-semiótica das experiências vivenciadas pelos sujeitos em seus contextos socioculturais.

 

 

Download do Arquivo

 

Conheça também

 
Conheça nossos eventos: Pandiálogos, Workshops e Seminários
+ eventos
 
Saiba tudo sobre os estudos publicados pelo Instituto e colaboradores
+ saiba tudo
 
Assine a newsletter e receba os conteúdos do Instituto Pandiá
+ assinar