Portal do Governo Brasileiro
X

A POLÍTICA DE INTEGRAÇÃO REGIONAL DA BASE INDUSTRIAL DE DEFESA NO CONTEXTO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO, por Rodrigo Dias

Acervo digital » Entorno Estratégico

Postado por em 04/07/2017 20:16

 

DIAS, Rodrigo. A POLÍTICA DE INTEGRAÇÃO REGIONAL DA BASE INDUSTRIAL DE DEFESA NO CONTEXTO DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO. Monografia (Graduação). Centro de Ciências Jurídicas e Econômics / Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ, 2017.

 


  

Este trabalho possui como área de estudo a sinergia entre a integração regional e a indústria de defesa na América do Sul, no contexto do Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS). No arcabouço teórico será utilizado a teoria de construção de região, de Iver B. Neumann, com o objetivo de realizar uma análise documental, permitindo sugerir que o Brasil estaria discursivamente almejando ser o regional builder (construtor de região) da integração da Base Industrial de Defesa (BID), e também da ideologia securitária a ser construída e legitimada pelo CDS. O primeiro capítulo desse trabalho possui o propósito de mostrar o contexto histórico que desencadeou o fortalecimento da ideia sul-americana de integração regional, por meio de análise das Conferências Pan-americanas e em seguida pelas reuniões da Organização dos Estados Americanos (OEA), destacando o desenvolvimento da assimetria de interesses em matéria de segurança internacional e de defesa. O segundo capítulo refere-se a uma análise dos documentos da Comunidade Sul-Americana de Nações (CASA), que posteriormente se tornou a União de Nações Sul-Americanas (UNASUL), que elucidam o desenvolvimento da proposta de integração regional em indústria de defesa. Mais adiante serão analisados os principais documentos do Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS), onde são caracterizados planos de ações voltados para a indústria de defesa regional. Esse
capítulo possui como primeiro objetivo pontuar a importância da indústria de defesa para os Estados, tanto em âmbito interno quanto no externo. Como segundo propósito, busca-se a compreensão se o processo que levou a proposta de uma integração regional, em matéria de indústria de defesa, foi uma construção política de região, utilizando a teoria do Neumann. No terceiro capítulo é pontuado uma análise dos principais documentos da área de defesa de cada país-membro do CDS, com a finalidade de compreender a importância que cada país dá na área industrial de defesa e identificar se o Brasil é principal ator que construiu a ideia de integração regional da indústria de defesa.

 

 

Download do Arquivo

 

Conheça também

 
Conheça nossos eventos: Pandiálogos, Workshops e Seminários
+ eventos
 
Saiba tudo sobre os estudos publicados pelo Instituto e colaboradores
+ saiba tudo
 
Assine a newsletter e receba os conteúdos do Instituto Pandiá
+ assinar