Portal do Governo Brasileiro
X

DEFESA E SEGURANÇA EM PROJETOS DE INTEGRAÇÃO REGIONAL NA AMÉRICA DO SUL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO, por Carolina de Oliveira

Acervo digital » Entorno Estratégico

Postado por em 08/08/2017

 

OLIVEIRA, Carolina de. DEFESA E SEGURANÇA EM PROJETOS DE INTEGRAÇÃO REGIONAL NA AMÉRICA DO SUL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO CONSELHO DE DEFESA SUL-AMERICANO (CDS). Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional. Universidade de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do Sul: 2017, 227 p.

 

 


 

 

A presente Dissertação de Mestrado é resultado de uma investigação sobre o Complexo de Segurança Regional que está implicado nas discussões sobre defesa e segurança na América do Sul, mais especificamente a partir da criação do Conselho de Defesa Sul-Americano, no âmbito da UNASUL (União das Nações Sul-Americanas). A UNASUL é um projeto de integração sul-americana que foi criado em 2008, a partir da assinatura do Tratado Constitutivo da UNASUL, e que teve como signatários doze países sul-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. Assim, discute-se se há um novo modelo de Complexo Regional de Segurança na América do Sul, implicado na criação e na atuação do Conselho de Defesa Sul-Americano. Para a análise, utilizou-se a Teoria dos Complexos Regionais de Segurança, criada pelos teóricos vinculados à Escola de Copenhague Barry Gordon Buzan e Ole Waever, uma teoria que enfatiza a dimensão regional e que ganhou proeminência nas discussões internacionais sobre defesa e segurança, em especial a partir das últimas décadas do século XX (num contexto pós-Guerra Fria), devido às mudanças nas dinâmicas de defesa e de segurança, com o fim das disputas bipolares (tendo como principais atores os Estados Unidos e a ex-União Soviética) e a intensificação de processos de integração regional. A análise realizada está fundamentada, empiricamente, nas ações realizadas pelo Conselho de Defesa Sul-Americano, no período entre 2009 e 2015, registradas essas ações no conjunto de documentação (atas, regimentos, estatutos, comunicados, informes, declarações etc.) que foram disponibilizadas através do Repositório Digital da UNASUL. Através do registro e da análise das ações realizadas pelo referido Conselho de Defesa, a Dissertação analisa as concepções de defesa e de segurança que orientam o processo integrativo da UNASUL, os esforços no sentido da criação e da legitimação de uma identidade sul-americana no que diz respeito à defesa e segurança regionais. Mas, acima de tudo, analisa o Complexo Regional de Segurança que se configurou a partir da UNASUL, definindo-o como um “tipo extra”, a partir da denominação de Buzan e Waever, na medida em que sua dinâmica não se identifica com a presença de uma potência regional com atuação proeminente em nível global. Mesmo com a presença de um País com maior expressão econômica, tanto regional quanto internacional, como é o caso do Brasil, e mesmo com os esforços dos governos brasileiros no sentido de inserir o País nos principais centros internacionais de decisão, a natureza e a implementação das ações no âmbito da UNASUL impulsionaram discussões sobre defesa e segurança regionais na América do Sul a partir de uma perspectiva de construção de uma comunidade de segurança.

 

 

Download do Arquivo

 

Conheça também

 
Conheça nossos eventos: Pandiálogos, Workshops e Seminários
+ eventos
 
Saiba tudo sobre os estudos publicados pelo Instituto e colaboradores
+ saiba tudo
 
Assine a newsletter e receba os conteúdos do Instituto Pandiá
+ assinar